Os rins podem ser provenientes de pessoas que faleceram (dador cadáver), os rins são retirados após se estabelecer o diagnóstico de morte encefálica e após a permissão dos familiares, ou com um rim doado por uma pessoa viva (dador vivo),  só pode ser realizada entre cônjuges ou parentes consanguíneos próximos.